Voltar
Sustentabilidade

Tire apenas fotos e guarde apenas memórias! by Visit Norway

by Gabriela Tizo


13 de março de 2018 | Atualizado dia 13 de março de 2018



Como viajantes, temos que nos preocupar muito com em preservar os locais visitados, a Noruega nos dá um exemplo importante sobre turismo sustentável:

A filosofia norueguesa predica que a conservação é uma responsabilidade de todos. Desfrutar da natureza e do ar-livre corresponde ao maior passatempo nacional e isso se reflete na atitude de comprometimento com a preservação e o uso do meio-ambiente.

Em termos práticos, isso significa que embora grande parte do país corresponda a áreas de preservação ambiental e parques naturais, o direito de acesso norueguês permite o livre deslocamento por áreas verdes – mesmo em áreas delicadas e vulneráveis.

Originalmente uma tradição histórica, com base em princípios de sustentabilidade, o direito de acesso é um termo conhecido muito antes de se tornar lei. Hoje, o compromisso com o respeito pela Natureza e o meio-ambiente é uma postura consolidada na Noruega.

Atualmente, o conhecimento da ecologia e da natureza merecem ainda mais ênfase e, daí, ganha espaço a idéia de aproximar as pessoas das áreas de proteção natural. De maneira a preservar os cenários naturais, a comunidade e os negócios, o que se busca é uma visão de futuro: O que nós desfrutamos hoje deve ser preservado para as gerações futuras e este é um compromisso que vale para todos.

Alguns destinos possuem certificação de sustentabilidade.

Muitos destinos seguem princípios de sustentabilidade, mas obter uma certificação de qualidade é uma honra que é privilégio de poucos. A conquista de uma certificação é resultado de esforços que levam anos de trabalho e demonstração de práticas e comprometimento com a sustentabilidade. O modelo proporciona as melhores experiências possíveis para os visitantes, enquanto mantem o impacto negativo do turismo em níveis mínimos. Além disso, um destino deve trabalhar continuamente para aprimorar as práticas do negócio, sua relação com a comunidade, enquanto segue rigorosos princípios de sustentabilidade.

Os principais são:

Trysil

Trysil é o maior centro de esqui na Noruega. Um dos primeiros destinos de viagem europeus a receber a certificação de Turismo Sustentável, é ideal para famílias.

Røros

A tradicional cidade de Røros é uma comunidade moderna onde as pessoas vivem e trabalham no meio de um patrimônio Mundial da UNESCO.

As Ilhas Vega

As ilhas de Vega integram a lista de Patrimônios Mundiais da UNESCO e encontram-se logo ao sul do Círculo Ártico, sendo consideradas um dos tesouros naturais mais valiosos do planeta.

Lærdal

Situado nos confins do Sognefjord, Patrimônio Mundial da UNESCO, Lærdal destaca-se pelas montanhas imponentes, construções de madeira em Lærdalsøyri, além da mais bem preservada igreja medieval da Noruega, Borgund.

Svalbard

O arquipélago de Svalbard situa-se no Oceano Ártico, entre a Noruega continental e o Polo Norte. Em Svalbard, reina a natureza intocada do Ártico, com cenários inóspitos e frágeis.

Femund Engerdal

Cada vez mais visitantes vêm para esta região com mais de 900 lagos à procura de calma e tranquilidade, interrompidas apenas pela música folclórica e pelos animais silvestres.

Vamos conhecer este lugar incrível em outubro?

Até mais,

Gabi Tizo

Fonte: Visit Norway


Deixe um comentário